Audiência entre prefeitos e o ministro das Cidades Bruno Araújo

19/05/2017 | 20:02

bruno-araujo-st-site

O deputado Silvio Torres se reuniu nesta semana com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, e representantes de nove prefeituras de São Paulo: Aguaí, São José do Rio Pardo, Itobi, Vargem Grande do Sul, Itapira, Serrana, Rancharia e Itaquaquecetuba.

Veja os pleitos de cada cidade:

1- Prefeito de Aguaí, Alexandre Araújo

Solicitou o resgate de um contrato que está parado, para a construção de 240 moradias.

2- Prefeito de São José do Rio Pardo, Ernani Vasconcellos

Solicitou investimentos para recapeamento, construção da Orla de São José, e a construção de 2121 unidades por meio do Programa Minha Casa e Minha Vida.

3- Prefeito de Itobi, Antônio Elias Filho, acompanhado da Vice prefeita Ana de Fatima Oliveira:

Solicitou a reforma de uma quadra poliesportiva no valor de R$ 300 mil, obra do campo municipal e a aquisição de um caminhão basculante.

4- Prefeito de Vargem Grande do Sul, Amarildo Duzi Moraes:

Solicitou o recapeamento e pavimentação das ruas e recursos para fazer uma lagoa para reserva de água.

5- Prefeito de Itapira, José Natalino Paganini

Solicitou uma escola de educação básica e apresentou cinco projetos para mobilidade urbana.

6- Prefeito de Serrana, Valério Antonio Galante, representado por Miguel João Neto, para tratar do Financiamento de recape para asfalto e a respeito da construção de 90 casas populares.

7- Prefeito de Rancharia, Alberto César Centeio (Iéia)

– Investimento em recapeamento asfáltico e a construção de 350 unidades habitacionais.

8- Valentim Gentil, Adilson Segura

Solicitou a construção de 300 novas unidades por meio do Minha Casa, Minha Vida e Recapeamento de asfalto no valor de R$ 608 mil.

9- Vereador de Itaquaquecetuba, Celso Reis, acompanhado do Secretário de Itaquaquecetuba, Roberto Kimura

Solicitou investimento no âmbito da Habitação – ao todo 1378 casas pra liberar em 5 empreendimentos nas comunidades de: Itapoa I e II, São José e São Carlos e São Lucas.

Ajuda para regularização fundiária, cerca de 30 mil unidades.

Foto: Rafael Luz/Mcid

TAGS:

COMENTÁRIOS

0 Comentário

Comente: